COMO TER UM ANJO - EdmirSilveira

Todos gostariam de ter um anjo próprio nos protegendo o tempo todo. Não importa se acreditamos ou não, mas quem não gostaria que ele estivesse aí agora?

Com este guia prático você vai ver que isto é possível, basta vencer a barreira do absurdo. É fácil, ela não existe mesmo. Pra começar a procurar seu anjo faça o oposto, identifique seu demônio próprio. É bem mais fácil nesses dias estressantes. Primeiro você tem que perceber que seu principal antagonista é você mesmo. Somos nossos piores e mais implacáveis críticos. Se a gente pudesse quebrar a própria cara de vez em quando, não seríamos assim. Por isso, se não podemos vencê-lo, juntemo-nos a ele, no caso, a nós mesmos.

A primeira providência é, numa ocasião propícia, convidar seu autocrítico para conversar. Ofereça-lhe um chazinho, todo crítico gosta muito de chazinho. Durante a conversa faça-o ver que ele o está criticando muito severamente e revele a grande verdade, ele é você. No começo ele pode relutar um pouco, mas depois vai concordar. Ou então se interne que é caso perdido. E, não adianta partir para a agressão com ele, eu garanto que você vai apanhar. Passada esta fase vamos para a segunda etapa.

Essa prática seguinte tem suas vantagens. Você pode praticá-la em casa, sozinho, não paga dízimo e não tem sermão de ninguém, nem tem que ler nada. E também não precisa ver programa de pastor em canal de televisão.

O incenso é opcional, não é necessário. Mantras também não.

Agora vamos lá, na sua sala ou quarto fique o mais relaxado que puder, na posição que desejar; Lótus, Ferrari ou McLaren. Pra dizer a verdade, a Lótus já nem sei se existe mais.  As posições importadas geralmente são mais confortáveis. Mas, tem gente que se arranja bem até com posição Fusca. Tem que ter bem mais flexibilidade, é claro. Ah, antes coloque um som instrumental que você goste muito, porque se deixar pra colocar depois de fazer a posição escolhida vai dar o dobro do trabalho.

Comece a pensar em quantos eus existem dentro você. Pense na sua criança, chame-a para brincar, pergunte-lhe o que ela sonha. Sempre. Chame seu autocrítico também e mostre-lhe a ele mesmo. Entenda-se pluralmente. Desculpe seus erros, faça um pacto de amizade consigo. Faça a paz entre todos os seus eus.

Grande parte das pessoas esconde sentimentos de si mesma. Ou seja, nem amigos confidenciais de si mesmo são. Essa é a pior solidão, a de si mesmo.  Nos aceitar, mesmo quando não compreendermos porque fizemos aquela merda colossal, é fundamental.

Seu anjo da guarda existe e está esperando por esse encontro tanto quanto você. Se olhe no espelho, sem pensar em nada e, simplesmente sorria olhando-se profundamente nos olhos. 
Você verá o seu anjo.

Anúncio

Anúncio