Postagem em destaque

TODOS NÓS DANÇAMOS UMA MÚSICA MISTERIOSA - Albert Einstein

“A escola fracassou comigo, e não eu com ela”. Ela me deixou entediado. Os professores se comportavam como Feldwebel (sargentos). ...

O CLIQUE – Edmir Saint-Clair

Um clique embaixo do chuveiro e nada foi como antes.
Não estou me referindo a nenhum clique eletrônico ou virtual. Refiro-me aquele clique que acontece dentro de nós. Aquele raro momento em que percebemos o instante exato em que alguma coisa muda.

É o segundo logo após uma mudança interna. Aquele ponto em que percebemos que uma mudança interna acabou de acontecer. É uma mudança no cruzar dos braços de uma forma diferente de como sempre a fizemos antes. Tão diferente, que gera a sua percepção pela surpresa que nos causa. Não me lembro de ter sentido inúmeras vezes como era de se esperar para quem já viveu várias décadas. Senti isso apenas algumas vezes na vida e nem sempre quando era de se esperar.

A última vez que isso me aconteceu foi há pouco. Talvez pela consciência do agora, que só conquistamos através da passagem do tempo e do acúmulo de experiências, dessa vez percebi esse clique de forma absolutamente nítida e clara. No banho, embaixo chuveiro.

O banho é um dos momentos em que mais me ocorrem pensamentos “filosóficos” e transcendentais.  Adoro água, de preferência do mar, mas a do chuveiro também é ótima. O banho, para mim, é sempre um momento muito agradável. Desde adolescente... mas, com o tempo o foco foi mudando.

Sentindo a água morna batendo na cabeça e escorrendo pelo corpo, nem me lembro sobre o que divagava. Lembro-me apenas de ter mudado de posição embaixo do chuveiro. Assumi uma posição diferente de todas as outras até então, em todas as minhas décadas de vida. Nada espetacular ou perceptível para qualquer outra pessoa que estivesse me observando. Se estivesse sendo gravado por uma câmera, nem assim seria perceptível para qualquer outra pessoa. Mas, para mim foi tão diferente que me surpreendeu de imediato. Quase um susto. Foi um cruzar de braços e um reposicionamento de todo corpo e cabeça embaixo do chuveiro, que culminou com uma postura geral do corpo completamente diferente de todas as outras vezes na minha vida. Chegou a soar estranho. 

Naquele momento, senti perfeitamente uma mudança profunda, definitiva e surpreendente. Algo aconteceu que me fez diferente do que era segundos antes. E gostei muito do que percebi. A mudança foi para melhor, sem dúvida alguma.
O acúmulo desses cliques durante a vida causa maturidade e sabedoria.
____________________________________________________________________________________________________________


O Leblon pré-novelas do Manoel Carlos.
Contos e crônicas.

A Casa Encantada
Contos do Leblon
Edmir Saint-Clair
___________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário

RACISMO AQUI NÃO!

RACISMO AQUI NÃO!

Anúncio

Anúncio