Postagem em destaque

TODOS NÓS DANÇAMOS UMA MÚSICA MISTERIOSA - Albert Einstein

“A escola fracassou comigo, e não eu com ela”. Ela me deixou entediado. Os professores se comportavam como Feldwebel (sargentos). ...

Mostrando postagens com marcador Mahatma Gandhi. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Mahatma Gandhi. Mostrar todas as postagens

MAHATMA GANDHI - RELIGIÕES


"Creio na verdade fundamental de todas as grandes religiões do mundo. 

Creio que são todas concedidas por Deus e creio que eram necessárias para os povos a quem essas religiões foram reveladas. 

E creio que se pudéssemos todos ler as escrituras das diferentes fés, sob o ponto de vista de seus respectivos seguidores, haveríamos de descobrir que, no fundo, foram todas a mesma coisa e sempre úteis umas às outras".
__________________________________________________________________

Contos, Crônicas e Poesias







PROPORÇÕES – Poesia 

_______________________________________



Contos e Crônicas
https://amzn.to/2oP20S4
_____________________________________________________________

A DESCOBERTA DO AMOR - Mahatma Gandhi

Ensaia um sorriso
e oferece-o a quem não teve nenhum.
Agarra um raio de sol
e desprende-o onde houver noite.
Descobre uma nascente
e nela limpa quem vive na lama.
Toma uma lágrima
e pousa-a em quem nunca chorou.
Ganha coragem
e dá-a a quem não sabe lutar.
Inventa a vida
e conta-a a quem nada compreende.
Enche-te de esperança
e vive á sua luz.
Enriquece-te de bondade
e oferece-a a quem não sabe dar.
Vive com amor
e fá-lo conhecer ao Mundo.
____________________________________________________________________________
____________




Contos e Crônicas
https://amzn.to/2oP20S4
_____________________________________________________________

MAHATMA GANDHI - Mergulho em si mesmo


Temos medo de estarmos conosco, mergulharmos em nosso interior. O silêncio e sua prática nos leva a esta possibilidade de encontro profundo e revitalizador.

Com o silêncio, encontramos a paz e o amor incondicional vem com toda a força transformadora.


O amor é a força mais sutil do mundo.

O mundo está farto de ódio. É é este ódio irracional e distante da força criadora que destrói,corrompe e ensurdece a humanidade.

Pare! Recomece! Reprograme-se... O silêncio pode ser o ponto chave desta nova caminhada. Pratique-o diariamente e transforme um pouco nosso mundo.

Ouça-se.

Temos de nos tornar a mudança que queremos ver no mundo. Você tem que ser o espelho da mudança que está propondo. Se eu quero mudar o mundo, tenho que começar por mim."

Pratique diariamente o silêncio da paz. Respire profundamente algumas vezes. Inspire e sopre lentamente até ir relaxando e mergulhando dentro de si mesmo. Feche os olhos e silencie seus medos, preocupações e ansiedades diárias, por alguns momentos. 

Dê a chance à sua paz e a paz do mundo.


Faça a sua parte, se doe sem medo. O que importa mesmo é o que você é...
Mesmo que outras pessoas não se importem. Atitudes simples podem melhorar sua vida.

Você nunca sabe que resultados virão da sua ação. Mas se você não fizer nada,não existirão resultados. Espalhe esta ideia.

Transforme o mundo, a partir de você.

Seja a mudança que você deseja para o mundo.


PENSAMENTOS SOBRE A VIOLÊNCIA - Mahatma Gandhi, Martin Luther King, Buda, Montesquieu, Jean-Paul Sartre, Bernard Shaw

O mundo está cansado de ódio”.
Mahatma Gandhi

Não vejo bravura nem sacrifício em destruir vida alheia”.
Mahatma Gandhi

Uma das coisas importantes da não violência é que 
não busca destruir a pessoa, mas transformá-la”.
Martin Luther King

O ódio nunca cessa pelo ódio; O ódio cessa pelo amor”.
Buda

Quando um único homem atinge a plenitude do amor, 
neutraliza o ódio de milhões”.
Mahatma Gandhi

Um império fundado pelas armas tem de se manter pelas armas”.
Montesquieu

Se mantida a política “do olho por olho, dente por dente”, 
acabaremos todos cegos e desdentados”.
Martin Luther King

A violência não é força, mas fraqueza, nem nunca poderá ser 
criadora de coisa alguma, apenas destruidora”.
Jean-Paul Sartre

"A violência, seja qual for a maneira como ela se manifesta, 
é sempre uma derrota".
Jean-Paul Sartre

Quando um homem deseja matar um tigre, chama a isso esporte; 
quando um tigre deseja matar um homem, este chama a isso ferocidade”.
Bernard Shaw 

MAHATMA GANDHI - Amigos

Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado nosso caminho. Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras apenas vemos entre um passo e outro.
A todas elas chamamos de amigo.

Há muitos tipos de amigos. Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles.  
O primeiro que nasce do broto é o amigo-pai e o amigo-mãe.
Mostram o que é ter vida.
Depois vem o amigo-irmão, com quem dividimos nosso espaço para que ele floresça como nós. Passamos a conhecer toda a família, a qual respeitamos e desejamos o bem.

Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar nosso caminho.
Muitos desses são designados amigos do coração. São sinceros, verdadeiros. Sabem quando não estamos bem, sabem o que nos faz feliz. Às vezes, um desses estala o nosso coração e, então, é chamado de amigo-namorado. Esse dá brilho aos nossos olhos, musica aos nossos lábios, pulos aos nossos pés.

Mas também há aqueles amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora. Esses costumam colocar muitos sorrisos na nossa face durante o tempo que estamos por perto.

Não podemos nos esquecer dos amigos distantes, que ficam nas pontas dos galhos, mas que, quando o vento sopra, aparecem novamente entre uma folha e outra.
O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas. Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações. Mas o que nos deixa mais feliz é perceber que as que caíram continuam por perto, continuam aumentando a nossa raiz com alegria. Trazem-nos lembranças de momentos maravilhosos passados juntos.

A cada folha da árvore deve-se desejar Paz, Amor, Saúde, Sucesso e Prosperidade. Simplesmente porque cada pessoa que passa em nossa vida é única. Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós. Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada.
Essa é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso.

Se eu pudesse deixar algum presente a você, deixaria aceso o sentimento de amar a vida dos seres humanos. A consciência de aprender tudo o que foi ensinado pelo tempo afora. Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem. Deixaria ainda, como presente, a capacidade de escolher novos rumos. Também deixaria para você, se pudesse, o respeito àquilo que é indispensável. Além do pão, o trabalho. Além do trabalho a ação.

E, quando tudo mais faltasse, um segredo: o de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída.

RACISMO AQUI NÃO!

RACISMO AQUI NÃO!

Anúncio

Anúncio