Pular para o conteúdo principal

Postagens

Postagem em destaque

A PALAVRA - Martha Medeiros

Falar e escrever sem necessidade 
de tradução ou legenda:  eis um dom que é preciso 
desenvolver todos os dias.
Freud costumava dizer que poetas e escritores precederam os psicanalistas na descoberta do inconsciente. Tudo porque literatura e psicanálise possuem um profundo elo em comum: a palavra.
Já me perguntei algumas vezes como é que uma pessoa que tem dificuldade com a palavra consegue externar suas fantasias e carências durante uma terapia. Consultas são um refinado exercício de comunicação. Se relacionamentos amorosos fracassam por falhas na comunicação, creio que a relação terapêutica também naufragará diante da impossibilidade de se fazer entender.
Estou lendo um belo livro de uma autora que, além de poeta, é psicanalista, Sandra Niskier Flander. E o livro chama-se justamente a pa-lavra, assim, em minúsculas e salientando o verbo contido no substantivo. Lavrar: revolver e sulcar a terra, prepará-la para o cultivo.
Se eu tenho um Deus, e tenho alguns, a palavra é certamente um deles.…

Anúncio

Últimas postagens

HUMOR DEPRIMIDO, CORPO DEPRIMIDO

POR QUE GOSTAMOS DE MÚSICAS TRISTES?

DELÍCIAS CONJUGAIS – Eliane Brum

O FASCÍNIO DO MOVIMENTO - Gláucia Leal

DE ONDE VEM A NOSSA DOR? - Martha Medeiros

ASSUMIR O CONTROLE DAS NOSSAS VIDAS

PARAR DE FALAR COM ALGUÉM COMO PUNIÇÃO

MELATONINA: O HORMÔNIO DO SONO E DA JUVENTUDE

AS NECESSIDADES HUMANAS E O SIGNIFICADO DA CULTURA - Ashley Montagu

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL PARA CURAR AS FERIDAS PSICOLÓGICAS

Anúncio